Início > INFORMAÇÂO > Clientes questionam se é preciso ter tantos canais esportivos?

Clientes questionam se é preciso ter tantos canais esportivos?

Somos o país do futebol, não há dúvidas. O povo brasileiro em geral, gosta de volêi, basquete, tênis, lutas, pesca esportiva, corridas (de carro ou de cavalos), enfim, praticamente qualquer coisa em que exista competição. 

O futebol é com certeza o carro chefe dentre todas essas modalidades. Uma prova contundente disso, se alguém ainda precisa, é a programação dos canais esportivos da TV fechada, ou ainda as programações

esportivas na TV aberta. São 50 transmissões de partidas de futebol para cada partida de volei. Quem é menos prejudicado aqui é o fã da Fórmula 1, que há muitos anos tem todas as provas garantidas na Globo sem ter que pagar por isso.  

Canais que vão sendo retirados das grades de canais
 
Na TV paga os assinantes sofrem muito com canais que são excluídos da grade. Bons canais (para uma minoria) vão sendo excluídos e deixados de lado com o tempo. O Films and Arts, canal voltado para espetáculos artísticos por exemplo, saiu da antiga Via Embratel e sobrevive em algumas poucas operadoras. Canais de desenho caminham para o mesmo caminho. Talvez a concorrência que cresceu demais no início da década tenha minado uns aos outros, depreciando o conteúdo e tirando a paciência de quem assistia.
Os canais esportivos também não escapam desses cortes. Apenas para citar dois, canal RUSH, que inclusive tinha versão em alta definição na SKY Brasil, saiu da grade pela baixa audiência, mesmo ainda existindo no país. Já o Speed Channel (único canal 100% voltado para eventos automobilísticos) deixará de existir em todas as operadoras no fim desse mês.

O futebol. A paixão, o dinheiro alto… e a ira de quem não gosta.

Se existe um ramo na TV aberta ou fechada que não encolhe e está sempre em disputa é o futebol. Apenas nesse ano, em pouco mais de três meses, presenciamos a ira de assinantes que estavam impossibilitados de assistir as primeiras partidas da Libertadores da América nesse ano.
Ao pegarmos a propaganda de qualquer operadora hoje, veremos em tamanho grande os alertas sobre a possibilidade de assistir todos os jogos do Campeonato Brasileiro nos PFCs… e uma enorme parte dos assinantes ligam a TV apenas nos dias de jogos mesmo.
Essa paixão acaba oprimindo uma parte menor que dá valor a tais canais. Temos hoje 10 canais PFC por operadora em média, sendo 1 em HD. Além deles que já somam quase 10% do total de canais de qualquer grade de canais. Somando aos canais SporTv, até 3 em algumas operadoras, mais 3 canais ESPN, Esporte Interativo, Band Sports, 2 canais Fox Sports… são mais de 20 canais onde o futebol é a principal programação diária.
Esse espaço que pode ser considerado excessivo até mesmo para quem é fã do esporte, faz com que outros canais de outros estilos deixem de ser acrescentados pelas operadoras, pois o espaço e capacidade não são infinitos.


Resumo da crítica

Não vou me extender muito no desabafo. Como assinante de TV fechada, igual a maioria dos leitores aqui do Blog, confesso que gosto muito de futebol. Em menor grau, gosto de Fórmula 1, Futebol americano, basquete e volei. Não tenho MUITO o que reclamar das transmissões e dos canais que temos, tirando uma falta de qualidade de imagem aqui ou de um narrador mais qualificado alí.
Mas acime de tudo, digo que TV por assinatura não é só para mim e nem é só para eu e você que também gosta de futebol. Gostaria de ter coisas melhores para assistir entre um intervalo e outro. Gostaria de ter opções de qualidade e não um amontoado de canais que assisti uma ou zero vezes na vida.
Zapeando na minha lista de pouco mais de 100 canais observei dia desses que mais da metade dos canais nunca tiveram mais de 10 minutos da minha audiência, mesmo que somados em todos esses anos. Será que sou muito chato ou temos verdadeiros elefantes brancos abandonados em nossas grades?
Já disse aqui e repito: não sou à favor de corte de nenhum tipo de canal, pois tenho noção de que meu gosto é diferente dos outros. Sou a favor de menos quantidade e mais qualidade. Investimentos em nosso favor e não em favor apenas do faturamento no próximo mês.

Categorias:INFORMAÇÂO
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: