Início > Informação/noticia > Conheça o canal I-Sat – 21/04/2012

Conheça o canal I-Sat – 21/04/2012

Hoje falarei um pouco sobre um canal pouco conhecido no Brasil, o I-Sat. A pouca popularidade se deu pela falta de consideração com o canal, que mesmo disponível há alguns anos, faz parte apenas da grade de canais da Claro TV e operadoras de tv à cabo regionais, como a TVN.



O canal argentino foi fundado em 1993, e hoje é de propriedade da Tuner (Time Warner), empresa do magnata norte americano e polêmico Ted Turner. O canal é co-irmão de vários canais que são muito tradicionais no Brasil, como a TNT, Cartoon Network, Space, TCM e Boomerang, dentre outros mais
novos, como o TBS e o Glitz (antigo Fashion TV).



O canal que tem uma base de audiência pequena devido as restrições de cobertura, é muito bem aceito pelos assinantes. Poucas reclamações são vistas na Internet e sempre recebe críticas muito positivas.
Programação


logo, antigo, canal i-sat, logos de canais
Primeiro logo do canal
O canal já foi melhor há alguns anos, exibindo o bloco Sexorama (que mais tarde tornou-se Adul Swin) e fazendo retransmissões exclusivas do Comedy Channel Americano ( e não a versão grotesca que estreou no Brasil esse ano).

Hoje, o canal transmite hoje séries internacionais, filmes independentes, músicas, shows e documentários. A séries de maior sucesso exibidas hoje são Shameless (as duas versões), O.C (um estranho no paraíso), Californication e muitas outras mais antigas. O canal representa uma programação com personalidade, não ficando destinado a filmes e produções rejeitadas pelos outros canais co-irmãos.

Descaso das operadoras

Enquanto canais ruins  foram sendo empilhados um em cima dos outros nos últimos anos, algumas boas opções como o I-Sat vão sendo deixados de lado. O canal que já exibiu animes por exemplo, e que se destaca pelos filmes independentes que transmitem, pode aos poucos morrer com sua boas intenções. Tudo pelo simples fato de não tem suporte. Que empresa investiria em propaganda em um canal que atinge no máximo o público da Claro TV, enquanto canais como o TNT atinge todos os assinantes? Nessa brincadeira os canais segmentados foram e vão desaparecendo dia a dia.
Qualquer dia (não muito distante), os canais da TV fechada poderão se tornar versões pagas do que temos hoje na TV aberta: um amontoado de variedades sem sentido, sem público definido, de qualidade duvidosa, repetitiva, visando exclusivamente o aumento de audiência.

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: