Início > INFORMAÇÂO > MediaPort 7000 inclui até quatro canais independentes para gravação e reprodução de arquivos, é aberto aos codecs mais comuns e realiza a maioria das conversões requeridas nas operações de exibição. 06/06/2012

MediaPort 7000 inclui até quatro canais independentes para gravação e reprodução de arquivos, é aberto aos codecs mais comuns e realiza a maioria das conversões requeridas nas operações de exibição. 06/06/2012

Em 2007 a Omneon lançou a primeira versão de modulares para entrada e saída de sinais (I/O) compatíveis com sinais HD para o seu servidor de mídia Spectrum. Era mais um movimento da empresa para manter o modelo entre os líderes do mercado na transição para a alta definição.
Depois de ser comprada pela Harmonic, no início do ano passado, novos desenvolvimentos foram feitos e em fevereiro último houve uma atualização muito importante.
MediaPort 7000
Agora, os módulos da série MediaPort 7000 ampliam a quantidade de codecs suportados (HD/SD MPEG-2, SD DV  – DV 25, DVCPRO 25, DVCPRO 50, DVCPRO HD, XDCAM HD e AVC-Intra – Classe 50 e 100) e estão bem mais abertos à (re)configurações dos canais. Eles também podem receber módulos de 2 ou 4 canais bidirecionais e independentes, adicionáveis a qualquer momento, sem que as operações de exibição precisem ser paralisadas.
Em cada canal, independente do codec, todas as versões da série MediaPort 7000 dispõem de conversão de SD para HD e de HD para SD, bem como de conversão cruzada entre 1080i e 720p. Os canais também podem ser usados em configuração SDI ou HD-SDI, sem que isso afete o número de canais disponíveis.
Existem dois modelos disponíveis: o MediaPort 7100 e o MediaPort 7600. O primeiro grava e reproduz SD/HD DV, reproduz SD/HD MPEG-2, faz todo o tipo de conversões nos canais, suporta HD e SD em cada canal e tem precisão ao nível do frame para todos os codecs suportados. Já o MediaPort 7600 tem as funcionalidades anteriores e inclui gravação e reprodução de arquivos AVC-Intra.
“A aquisição e exibição de arquivos de áudio e vídeo em múltiplos formatos tornaram o trabalho de transmissão e exibição muito mais complexos. Esse lançamento é um grande passo para simplificar estas tarefas, pois integra as funções de conversão e exibição simulcast (SD/HD)”, conta Geoff Stedman, vice-presidente da empresa.
Outro argumento da empresa é a segurança oferecida. O chassi de uma unidade de rack tem duas fontes de energia que podem ser trocadas com o equipamento em funcionamento, assim como as placas de interface.

Categorias:INFORMAÇÂO
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: